Fundadoras

Fundadoras e Equipe em Moçambique

Laura Pierino

O sonho começou entre 1996 e 1999, em Pemba, no norte de Moçambique, no contexto de extrema pobreza do pós-guerra. Depois de alguns anos de voluntariado missionário na Diocese de Pemba com as Filhas de Maria Auxiliadora, Laura Pierino começa a sentir a necessidade de responder aos muitos apelos da população mais vulnerável dessa realidade extremamente pobre, e especialmente das muitas crianças órfãs, sem protecção e educação. Em resposta ao grito silencioso dos mais pobres e pequenos, começaram a brotar, sob a tutela da Diocese de Pemba, várias respostas em forma de Casas de Acolhimento e Programas na Comunidade em favor de crianças órfãs, desnutridas e abandonadas devido à hidrocefalia ou outras deficiências graves, mães adolescentes, crianças de rua, idosos, famílias pobres e leprosos.

Alguns anos mais tarde, Teresa de Jesus Ferrero Vaquero, missionária na Diocese de Pemba com as Filhas de Jesus, se une à missão de devolver dignidade e vida a quem não tinha mais esperança, optando por dedicar a sua vida aos mais vulneráveis.
Por iniciativa dessas duas leigas comprometidas, unidas por uma vocação cristã comum, foi fundada em 2008 a Fundação "Sementes da Esperança" como identidade legal de todos os Programas e Centros que surgiram nos anos anteriores e seguintes.
Todas essas iniciativas crescem graças a muitas pessoas de boa vontade, de Moçambique e de outros países, que se unem ao mesmo ideal das fundadoras, dedicando a sua vida ou parte dela, ou participando de diferentes maneiras nesta vasta rede espiritual de partilha, solidariedade e esperança.

Ismael Ferrero Vaquero, espanhol, chegou em Pemba no ano 2006 com a intenção de visitar a sua irmã Teresa e fazer uma experiência de voluntariado. O encontro com esta realidade e com o trabalho da Fundação o impactou tão positivamente que o seu voluntariado se tornou um compromisso. Colaborou incansavelmente para a constituição legal da Fundação em Moçambique e foi o primeiro Presidente. Actualmente, além de ser um dos Representantes Legais em Moçambique, Ismael leva a coordenação de várias áreas de funcionamento da Fundação em Pemba.

Marta Paños Larrauri

Marta Paños Larrauri, espanhola, chegou em Pemba para fazer uma experiência de voluntariado com a Fundação no ano 2010. A partir dessa experiencia, começou a cultivar o sonho de poder voltar a Pemba para caminhar junto aos pequenos e os mais frágeis, dando voz e ouvido às suas existências e cuidando das suas vidas com amor e esperança. No ano 2012 voltou a Pemba e desde então está envolvida plenamente na missão da Fundação, movida por uma espiritualidade filantrópica ateia, e coordena várias áreas de este trabalho.

Stefania Evangelista Sasso

Stefania Evangelista Sasso, italiana, conheceu o trabalho da Fundação em Pemba no ano 2012, por enquanto estava realizando uma experiência de um ano de voluntariado em Mepanira, na Província de Niassa. Perseguindo o seu sonho de defender a dignidade das crianças portadoras de deficiência e movida por um grande amor por África, se uniu á Fundação “Sementes de Esperança” no ano 2014. Stefania acompanha e coordena várias áreas e se dedica com paixão às pessoas mais vulneráveis, sobretudo ás crianças portadoras de deficiência.